Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Onde dormir no Ecomotion!?

   O Ecomotion é uma etapa do Mundial de Corrida de Aventura. A prova mais importante do Brasil! Super reconhecida no mundo! Estamos realizando um sonho de participar dessa festa! Vem gente de tudo que é canto do mundo para participar. Nesse ano, serão aproximadamente 600km. Só de bike tem 300. De trekking, 145km. Canoagem, mais 155. Natação, mais um pouquinho. Fora a parte de técnicas verticais, que envolve escalada, montanhismo, ascensão, rappel. Soube que a parte de verticais está super técnica!    Deu frio na barriga de novo! A pessoa tem que fazer os 600km em, no máximo, 5 dias. Tem dormida obrigatória de 8 horas no percurso da prova em pontos pré-determinados. Isso é o obrigatório! Foi assim no último ano. Se a equipe quiser dormir mais, pode. No chão, no relento, na transição. Só lembrando que dormir também é tempo de prova gasto. Ou pode ser um descanso pra melhorar o desempenho. Isso é bem difícil de decidir!    Outro dia meus colegas de trabalho me perguntaram se levava ba

Tensão Pré Ecomotion

Nossa! Dá um frio na barriga só de lembrar que está chegando a hora! Quando paro pra pensar na quantidade de coisas que ainda tenho pra resolver. Meu Deus! Vai dar tempo! Vai sim! E vai ter dinheiro! Vai sim! Parece que os dias vão ficando mais curtos. E cada vez que explico a alguém como é correr uma prova dessas, fico ansiosa pra chegar logo o dia. Ao mesmo tempo, me preocupo com a quantidade de coisas que falta resolver. Que doido! Passei o dia trabalhando e tentando vender as camisas. Todos os amigos estão se mobilizando pra comprar! Ficaram lindas! Vejam aí! Estão quase esgotadas! Tive que botar a foto de Fred pra vocês verem a camisa. Não sei onde foi parar a foto com o layout que estava nessa postagem. Com a perda de todas as fotos, vai a foto desse componente da equipe. Estamos vendendo por R$50,00 para ajudar nos custos da prova. É uma grana doida! Só pra não deixar de falar em treino, ontem, fui direto do trabalho para a rua K. Remamos uma hora. Vim pra casa sem muita co

Teste da coluna

   Treinar em trilha no meio da semana é o "Ó do Borogodó"! Pode acontecer de tudo! Um pneu furado atrasa trabalho, atrasa tudo! Por conta do meu vexame do fim de semana, topei a parada com Fred. Fui treinar na trilha na segunda-feira. Só tinha uma prova de Inglês às 10h. Era quase impossível perder a hora.    Saímos daqui às 7h para 40km. Estava tudo às mil maravilhas! Ritmo bacana! Não senti nem uma dorzinha de coluna! Meu corpo se comportou muito bem! Mas, a bicicleta de Fred não foi muito legal com a gente. O pneu furou depois do quilômetro 20! É brincadeira!? E foi daqueles furos que não baixa o pneu de vez. Dá pra encher com a bomba e andar 5km. Depois enche de novo e anda 5km.    Insisti pra fazer a troca. O tempo tava passando! Procurei manter a calma! O máximo que aconteceria era uma segunda chamada de Inglês. Nada de muito grave se eu não fosse uma "CDF" depois de velha. Tome-lhe encher pneu! E Fred saía igual a uma "piaba doida", correndo para n

Dia de mãe.

   O Ecomotion exige sacrifícios que deixam a pessoa com a consciência pesada. Tem horas em que tenho vontade de ser mãe! Só mãe! Poderia ser assim, não é?! Escolhermos o papel do dia. O que quiséssemos ser naquele dia. Mas, a gente já sabe que se fosse fácil não teria graça!    Então, no domingo, fui fazer o treino de remo. Só remo! Acordei 5 da matina e fui até a rua K, onde a turma já me esperava para treinar. Remei uma hora e voltei pra casa. Tinha compromisso com as crianças. Passeio de bicicleta da escola no domingo pela mahã.    Tiago não se animou muito! Mas, a filhota tava me esperando toda serelepe, na porta de casa, pronta! Acordou bem cedo! Então, arrumamos tudo pra sair. Mas, choveu tanto que a frustração aconteceu na mesma proporção da chuva. Uma pena! Aproveitei pra dormir um pouco. Ainda tava cansada do treio do sábado, não vou mentir. Sou atleta! Não tem jeito!    Mas, rolou um cineminha à tarde! Com direito a muita pipoca, refrigerante e sanduíche na saída. As criança

Que treino, viu?!!!

Parecia que a gente tava de "mau olhado". Sabia que a minha suspensão dianteira não tava lá essas coisas todas, até sonhei que não deveria treinar com a bike assim. Acho que já era Zé, o meu anjo da guarda, tentando me avisar. De manhã, nem queria sair da cama. Nunca tenho vontade mesmo! Os meninos chegaram e saímos da minha casa para a trilha. Eu, Mauro, Fred e Scavuzzi fomos para a trilha de Abrantes com o objetivo de deixar a bicicleta numa casa conhecida no caminho para fazer o trekking/corrida pelo barro também. Queríamos sair do asfalto de qualquer jeito! Mauro e Fred estão se acostumando com sapatilhas e pedal clip. Caem por nada. Param e esquecem de destravar a sapatilha do pedal. Mauro já começou caindo na portaria do meu condomínio. O porteiro não entendeu nada! A gente se pipocou de rir! Dessa e de outras tantas quedas deles dois. Meu Deus! Não sabia que uma suspensão em bom estado fazia tanta diferença. Pelo asfalto, o negócio foi beleza. Do estradão de barro e

Faltam duas semanas para o Ecomotion!

Tadeu, nosso preparador físico, já disse que agora não adianta treinar para aumentar condicionamento. Ou seja, quem treinou, treinou, quem não treinou, não adianta mais. O que precisamos fazer é manutenção até o dia da prova, além de alongamentos. A turma da Millenium já confirmou que vai chegar junto, junto com a gente. Vai acompanhar a prova de perto! Vai todo mundo pra Porto Seguro! A Millenium dá um apoio absurdo ao nosso esporte. Todas as cinco equipes da Bahia que vão para o Ecomotion estarão com o nome da Empresa. Além de nós, vai a Insanos, a Makaíra, a Gantuá e a Olhando Aventura. E estão todos se empenhando em treinar e fazer o melhor dentro da prova. Os preparativos vão bem, obrigada! Mas tem muita coisa pra resolver! Nesse fim de semana, tem reunião para conferir o checklist de tudo para evitar surpresas em cima da hora. Mesmo assim, ainda rolam as surpresas. Fiquei com a alimentação e os kits de primeiros socorros para providenciar. Eu e Fred vamos resolver isso. Mauro

Um dia daqueles!

Combinei comigo mesma que faria um treino de corrida na segunda de manhã, antes de ir trabalhar. Segunda é folga de treino! Resolvi boicotar a mim e ao meu treinador. Amanheceu! A chuva da madrugada ainda caia! Missão abortada! Levei meu filhote à escola pro bichinho não chegar ensopado na aula e voltei pra casa pra me arrumar pro trabalho. O dia foi difícil! Lauro de Freitas é uma cidade totalmente despreparada para a chuva! Não há lugar que não alague. O comércio fica prejudicado, as pessoas ficam ilhadas em suas casas, os carros quebram no meio da rua, os congestionamentos crescem e algumas escolas cancelam as aulas. Prefiro ver o lado bom das coisas. Mas, tem horas em que fica complicado! Por conta da chuva, todos os meus pacientes desmarcaram suas consultas. Todos mesmo! Às vésperas do Ecomotion, preciso trabalhar bastante para deixar todas as contas em dia. Acabei levando mesmo na esportiva! Fui ao mercado, resolvi pendências domésticas pela manhã. Passei por duas poças d'

Treino com chuva

   Às vésperas do Ecomotion, nem preciso dizer que sábado tem treino. Chova ou faça sol! O serviço de meteorologia e o surfista Fred avisaram que a chuva cairia! Vocês viram que agora é vento sul?? Nem eu! Mas o Fred sabe! Coisas de surfista!    Mauro me ligou cedinho pra avisar que foram muitos relâmpagos à noite, arrumando desculpa pra não treinar. Tava doida pra continuar a minha soneca, não posso mentir! Ligou pra Scavuzzi, que já estava dentro do carro, irredutível. Treinaria mesmo que chovesse canivetes! O Fred mandou uma mensagem, dizendo que tava chovendo muito, logo, não iria.    Marcamos então na rua K. O pedal estava certo! Remo, só se o mar não estivesse muito nervoso.    Quando cheguei lá, Scavuzzi estava montando sua bicicleta embaixo de um guarda-chuva verde "lusqui-fusqui". Mauro tava embaixo da chuva mesmo, tentando trocar o pedal simples para pedal de clip. Só choviscava. Montei a minha bike no chovisco mesmo e fui dividir o guarda-chuva com Scavuzzi. Mauro

O desafio!

Sabem aquela postagem do fim de semana? Aquela entitulada "No mato sem cachorro"?! O pessoal da Caatinga Trekkers fez um pequeno release e publicou as fotos no site deles. Só pra vocês terem uma idéia da pessoa com frio. As fotos ficaram ótimas! Tem a turma toda. Tem foto da Dona Amália, da casa dela, do rio Paraguassu, de todo mundo enrolado no saco de lixo! Do morro, da fogueira.. Vale à pena conferir! www.caatingatrekkers.com.br

Vale de tudo pra treinar!

    Combinei com Fred de treinar remo em Itapuã, no fim da tarde, depois do trabalho. Terça e quinta é dia de ir trabalhar em Salvador e a gente se vira nos trinta pra treinar. Só que esqueci minha roupa em casa! Não dava pra remar de vestido e saltinho! Nem dava pra voltar em Vilas pra me trocar, depois ir pra rua K. Ficava tarde! Então botei a cabeça pra funcionar. Pensa, pensa, pensa, pensa!     Acertei tudo com meu amigo de treino. Foi um tal de ir e vir, de leva e traz! Sei que peguei uma roupa emprestada com ele, botamos a sua bike em meu carro, fizemos um balacobaco retado mas, conseguimos chegar cedo na rua K para o nosso treino.     Frederico das Cavernas até comentou que o mar estava a coisa mais linda do mundo! Lisinho! Também achei mas, sempre soube que tem um lado negro no mar de Itapuã. Ele fica nervoso no meio do treino. Não comentei porque o rapaz é um exímio conhecedor de mar. Melhor não ficar cutucando, muito menos agorando o mar!    Vesti a roupa dentro do carro. Est

No mato sem cachorro

A organização da Carrasco propôs retornarmos àquela serra perto do rio Paraguassu para atingirmos uns pontos que não foram alcançados pela maioria das equipes na última etapa. Desafio de orientação! Mauro se candidatou de imediato, mas esqueceu de avisar que eu iria com ele. Tava sem tempo de acompanhar os emails. Alegou que precisávamos afinar a navegação para o Ecomotion. Foi tudo de última hora! Conclui, na minha cabeça doida, que ele se encarregaria dos detalhes. Só esqueci que todos pensam que sempre me lembro de todos os detalhes. Na verdade, já fui muito boa nisso! Atualmente, deixo o mar pegar fogo pra comer peixe frito. Fizemos o treino de trilha de bicicleta do sábado de manhã, voltei pra casa corrida, comprei a comida de Totó pra ele não morrer de fome, as crianças viajaram com o papai Xuxu, dei as coordenadas a Neusinha, pedi pra vizinha alimentar Totó à noite, joguei comida numa sacola. E peguei a estrada crente e abafando que voltaria pra casa até o amanhecer do domin

De volta ao batente!

Pois é! Depois de uma semana de Carnaval, trabalhando pesado, ao contrário do que muitos pensam(rs!), estou de volta ao batente. Mas, que a Timbalaba traz axé, isso traz! E essa vida de Penélope tá um sufoco! E, se a Penélope for pro Ecomotion, é que a coisa fica preta! O treino ficou pra noite. Um soninho gostoso me seduziu até o último minuto. Então a minha nutricionista nem pode ler que meu café da manhã ficou pela metade, pendente para o lanche das 10h. Corri para o médico às 8h, consegui chegar no trabalho às 9h. Perto do almoço fui direto para a barraquinha de frutas da beira da Estrada do Côco pra abastecer a casa. Não encontrei tudo! Que chato! Mas aproveitei pra tomar a velha e deliciosa água de côco. Então passei no mercado pra concluir as compras, afinal, na barraca de Sr. Roni não vende frango, muito menos peixe! Chegando em casa, almoço de 15minutos com minha filha pedindo pra fazer o penteado. Ainda deu tempo de comer a jaca dura de sobremesa e lavar bem as mãos para

Trekking do Carnaval

"Tanto tempo longe de vocês... quero ao menos lhes falar.." Tinha certeza absoluta de que daria para treinar no carnaval! .. "A Timbalada traz axé pra você!".. Essas músicas não saem da minha cabeça. Tadeu mandou a minha planilha e comecei bonitinho na terça. O detalhe é que trabalharia de 8 às 20h de quinta à terça dentro do circuito. Como é que eu poderia achar que daria tempo pra treinar? E ainda nem contei pra vocês que "sooooou timbaleeira!" Olha! O negócio foi uma verdadeira loucura! Trabalhei todos os dias do carnaval de Salvador nesse sol quente no meio da cara, só no trekking. No sábado teve Timbalada. Minha amiga e colega de trabalho Nirlene levou maquiagem pra eu não ficar dismilinguida no meio do bloco. Ou seja, assim que acabasse meu turno de trabalho teria que correr pra pegar o bloco na Barra, que estava marcado pra sair 18h, onde quer que ele estivesse. Tava combinado de encontrar Lucy na muvuca toda! Mas nem imaginava

Treino do fim de semana

Tive que pedalar tudo que tinha que pedalar no meio da semana em função da viagem ao Capão no fim de semana. Foi trekking de sexta a domingo! Na boa galera! Eu ia fazer um release mas, Lucy escreveu tão bem sobre a viagem/treino do fim de semana que nem preciso falar mais nada. Vejam lá! http://www.historiasparalernocafe.blogspot.com/