segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Próxima Aventura...

    Temos boas aventuras pela frente! O Campeonato de Orientação vem com tudo esse ano... Vamos lá pra ver o que será?? Será no dia 13 de março.
   Pra quem quer fazer uma prova de mountain bike, a Equipe Gantuá, já expert em organizar provas cheias de iniciantes, está preparando uma bela festa no dia 14 de abril. 
    Vejam o folder aí embaixo!



segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Como começar 2013...




   Virada de ano sempre quer parecer uma virada de vida. Quanta pretensão!! Bom! Talvez, a energia criada em torno dessa expectativa e vendo por essa perspectiva, cause mudança mesmo. Coisas da fé??! Não sei... Sei que causa, no mínimo, reflexões. Faço alguns planos... Escrevo num papel. No fim do ano vejo o que consegui conquistar. E 2012, apesar de algumas dificuldades naturalíssimas da vida, tive a sensação de que foi um ano de muitas conquistas. Mais conquistas do que perdas, embora ache que nunca perco nada, rs! Mas, muita coisa mudou mesmo.
   Gostaram da introdução?? Agora vou dizer a verdade: Raramente planejo as coisas! Esqueço os pedidos na hora de pedir. Escrevo o que lembro todo ano numa agenda mas, não olho aquela página durante o ano inteiro... Talvez por acreditar. Se já escrevi o pensamento, não preciso mais pensar. 
   Nas finanças, tenho a humildade de querer apenas uma conta positiva, rs! Se sobrar, ótimo! Sempre me viro direitinho! Preciso é das minhas crianças felizes e saudáveis! E acho um saco planejar demais, porque quando dá errado é uma merda, rs! Conto mais as coisas boas do que as ruins, rs. Minha memória tem uma tecla delete de alto desempenho para coisas ruins. As estórias ruins me servem porque adoro contar quando tem algum amigo precisando de um exemplo ou de dar risada com meus micos de vida. Sem dúvida, tudo de ruim serve muito! Valorizo o bom, aprendo a reconhecer o que é bom, a escolher o que é bom! Quando posso escolher, é claro! Quando não posso, passo a bola pra Zé (meu anjo da guarda). Ele resolve tudo! Desde os assuntos mais complicados até a unha encravada.
   Comecei 2013 com um namorado e isso é a novidade! Mas, todo mundo já pensa que vai dar casamento. É muito interessante quando uma mulher se separa. Considera-se que sua vida está destruída e que ela só vai conseguir ser feliz outra vez quando arrumar outra pessoa. Passei um bom tempo sem um namorado e estava até acostumada, embora goste muito de ser “par”. Acho que sou mais par do que ímpar. Sim! Acho que sim!
   Outro dia, fui tratada com certa ironia por um amigo, quando disse que não pensava em casar. Sua justificativa era que toda mulher quer casar e eu não era diferente de todas as mulheres. É... Talvez todas as mulheres que ele conheceu estivessem interessadas nisso. E você atrai o que merece... Talvez eu case, talvez não! Já casei! Não tenho nenhuma ansiedade com o casamento. Quem sabe em 2061...
   Os amigos tem uns pensamentos engraçados a meu respeito. Nas conversas é que a gente pega umas coisas loucas. Linda, minha amiga de infância, me dizia ao telefone que um dia queria fazer igual a mim: “Largar tudo e sair pedalando por aí!”. Quase morri de rir! É a imagem que passo para as pessoas??!! De uma mulher sem muita responsabilidade que sai por aí pedalando, rs! Que larga tudo! Desesperada para casar, largo tudo e saio por aí, pedalando. Sou uma louca!!!
   Se loucura for isso, então tudo bem! Aceito o rótulo. Larguei muita coisa mesmo! E largo qualquer coisa que possa me causar tristeza, largo o que tem energia ruim, o que causa constrangimento, o que faz mal ao meu coração. Largo os julgamentos e futilidades excessivas. E quem não tem alguma futilidade, quem não julga e quem não tem defeitos?? Precisamos reduzir um pouco mais e mais a cada dia.
   Está decidido! Em 2013 vou largar mais coisas ainda. Vou viver intensamente, como sempre! Vou pedalar, correr, remar, fazer rapel, curtir a natureza. E voltar pra casa feliz e renovada para trabalhar, criar meus filhos com muito amor e carinho, amar ainda mais meu namorado e continuar com um sorrisão no rosto, mesmo que os obstáculos apareçam (e eles vão aparecer) e a vida pareça difícil.
   Você deveria fazer o mesmo!