domingo, 26 de dezembro de 2010

Proposta Indecente








Um dia recebi uma proposta de um atleta de Corrida de Aventura que dizia mais ou menos assim: "-Quer ganhar uma Corrida de Aventura? Ficar em primeiro!? Saia dessa equipe (ele tava falando da Aventureiros do Agreste) e vamos montar uma equipe só com os mais fortes!"



É claro que o objetivo era, prioritariamente, ganhar. E compreendo perfeitamente que pessoas competitivas de verdade pensam em ganhar de verdade. Sentimentos involuntários me fizeram refletir o sentido que a Corrida de Aventura representou pra mim durante todos esses anos. Sou uma pessoa competitiva! E disso todo mundo sabe! Mas acabo definindo a minha competitividade com um "só sou pilhada".


Nunca ganhei um centavo sequer pra fazer o esporte que faço. Corro por satisfação pessoal, pra ampliar meus horizontes, pra conhecer lugares onde poucos conseguem ir. Corro porque amo estar com os meus amigos pelos matos afora, sem saber ao certo o que vou encontrar. Corro pela alegria de achar um PC. Pela satisfação em chegar. Pelo sofrimento compartilhado. Pelo sentimento de amizade e confiança que se fortalece a cada prova.

Enfim, não troco meus amigos e as minhas amigas por uma vitória sequer! Nem umazinha! Quero ganhar com eles! Mesmo que seja só experiência. RS!

Nenhum comentário: